Federico Baudelaire - Viagens IN Sanas pelo paraíso das Metrópolis


04/03/2007


 

Vou expulsar-te de vez de longe de mim
do infinito distante
de trás pra diante
dos caminhos no outro lado
para o lado que eu possa enfim

Vou expulsar-te de vez desse jeito
do outro lugar no além-mar
turbulento sem sal
para o silêncio do meu peito

Vou expulsar-te de vez
De fora pra dentro
Do teu pro meu centro
A vida inteira de uma só vez

Vou expulsar-te assim
Tu, Verossímil de mim

Letra para Estrela Leminski

Téo Ruiz

http://www.cascadenos.com.br

www.musicaderuiz.art.br

http://leminiskata.blogspot.com

 

 

Escrito por Federico Baudelaire às 06h03
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web: